DiÁcono SimÃo Pedro

Sobre o ano Mariano Retiro dos Ministros Extraordinários da Eucaristia/ 2017
 
 

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) instituiu o Ano Nacional Mariano no contexto das Comemorações dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no rio Paraíba do Sul.

O ANO NACIONAL MARIANO, que teve  início em 12 de outubro de 2016, Solenidade da Padroeira do Brasil, concluindo-se no dia 11 de outubro de 2017. Comemora-se também os 100 anos da aparição de N. Srª. de Fátima no ano de 1917, em Portugal.

De acordo com o arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, DOM SERGIO DA ROCHA, o período convida à população a voltar o coração para Nossa Senhora. “É UM ANO PARA CELEBRAR, PARA COMEMORAR, PARA LOUVAR A DEUS, MAS TAMBÉM PARA REAPRENDER COM NOSSA SENHORA COMO SEGUIR JESUS CRISTO, COMO SER CRISTÃO HOJE”, enfatizou.

“Que este momento seja para a evangelização, para a missão, tendo presente o exemplo, as lições que Nossa Senhora nos deixa, mas também recorrendo com confiança a sua intercessão materna”, finalizou o bispo.

O Ano Mariano vai, certamente, fazer crescer ainda mais o fervor desta devoção e da alegria em fazer tudo o que Ele disser (cf. Jo 2,5).

O primeiro Ano Mariano foi celebrado de 08 de Dezembro de 1953 a 08 de Dezembro de 1954, para comemorar o centenário da proclamação do Dogma da Imaculada Conceição, definido pelo Papa Pio IX em 08 de Dezembro de 1854. Este primeiro Ano Mariano foi anunciado por Pio XII com a Encíclica Fulgens Carona de 08 de Setembro de 1953, e foi celebrado em todas as dioceses do mundo.

 O Segundo Ano Mariano foi anunciado pelo Papa João Paulo II, começou no dia 07 de Junho de 1987, Solenidade de Pentecostes, e viria a terminar em 15 de Agosto de 1988, festa da Assunção de Nossa Senhora.

Diácono Simão Pedro.                                         um abraço a todos                            Paz e Bem.